O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse na noite desta terça-feira (1º) que, se a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizar a importação da vacina russa Sputnik V nos próximos dias, o estado poderá alcançar, até agosto, um contingente de 9 milhões de baianos imunizados.

Em uma transmissão do programa Papo Correria, o chefe do Executivo estadual afirmou esperar que a agência dê, o mais breve possível, um parecer sobre documentações enviadas recentemente pelo laboratório fabricante.

“Esperamos que, desta vez, haja sensibilidade da Anvisa”, disse Rui Costa.

Em março, o governo baiano assinou um contrato para a aquisição de 9,7 milhões de doses da Sputnik V. O acordo faz parte de uma negociação do Consórcio Nordeste com o Fundo de Investimentos Diretos da Rússia, que fornecerá o total 37 milhões de doses ao Brasil.

No dia 26 de maio, a Anvisa, porém, rejeitou, por unanimidade, a importação e o uso do fármaco russo pelo Brasil. Um dos técnicos do órgão apontou “falta de documentação” e possíveis riscos do imunizante à saúde, dentre os quais a presença ou não de adenovírus com capacidade de replicação no corpo dos pacientes que receberem doses da vacina.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário