Na noite desta quinta-feira (10.10), por unanimidade, a Câmara de Vereadores aprovou projeto de lei do Executivo Municipal, que autoriza a doação de um terreno para a construção de uma nova clínica de hemodiálise em Jacobina.
A pedido da Associação dos Doentes Renais Crônicos da Região de Jacobina, o presidente Juliano Cruz propôs aos vereadores que a proposição fosse incluída na Ordem do Dia, dispensando o interstício regimental.
Com o aval do plenário, o projeto foi colocando em votação, sendo aprovado por todos os vereadores, cabendo agora ao prefeito Luciano Pinheiro promover a sanção.
Antes da votação, o presidente solicitou que fosse veiculada uma mensagem de áudio da enfermeira Kátia Alves, diretora do Núcleo Regional de Saúde Norte, que, durante entrevista à Rádio Jaraguar FM, havia relatado que a proposta da nova clínica de hemodiálise cumpriu todos os trâmites normativos junto à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).
Presente à sessão, a  representante da Associação dos Doentes Renais Crônicos da Região de Jacobina, Lucicleide Ferreira, comemorou a aprovação da proposta.
Ela lembrou que em Jacobina, atualmente,  para cada máquina de hemodiálise em atividade na Clínica Heitor Lima, existem quatro pacientes na fila de espera. Com a nova clínica, o número de vagas passa de 90 para 310.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher