O governador Rui Costa (PT) declarou, nesta manhã (25), que irá se envolver “pessoalmente” nas eleições municipais de 2020, pois, segundo ele, “é preciso dizer para o povo, para o povo da periferia, que vive nas favelas, nos morros e até mesmo o jovem de classe que tá concluindo a universidade, seu curso técnico, que do jeito que está, sem projeto, não vamos a lugar nenhum”.
“Eles querem trabalhar. Já vivemos momentos de consolidação de pesquisa de ciência. Hoje o que desenvolve nos países é isso. Temos que mostrar a diferença que existe entre esse governo e quem defende o país sem ódio”, declarou Rui, em entrevista à Rádio Metrópole.
Em crítica ao governo Bolsonaro e seu aliados, o governador afirmou, sem citar nomes, que os partidos que fazem parte da gestão federal vão ter que se desdobrar para explicar o apoio ao projeto de Bolsonaro. “2020 vai ser um divisor de quem defende esse projeto, com racismo, intolerância e violência, com quem defende um outro Brasil e quem defende uma outra sociedade”, completou Rui Costa.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário