O governo do petista Rui Costa segue com uma boa avaliação, principalmente na capital baiana, de acordo com a mais recente pesquisa DataPoder360. No estado, 57% das pessoas achama a sua gestão boa ou ótima; 27% consideram regular e 11% acham a sua administração ruim ou péssima.
Em Salvador e região metropolitana o índice dos que avaliam o governo Rui como bom ou ótimo sobe para 71% e 72%, respectivamente, e 16 e 17% os que responderam que consideram regular. Tanto na capital quanto na RMS, 8% dos entrevistados avaliaram o governo com ruim ou péssimo.
No recorte específico das cidades do interior da Bahia, a popularidade de Rui é consideravelmente menor, mas também não encontra grande rejeição. O índice dos que avaliam como ruim ou péssimo é de 12%. Pouco mais da metade (52%) avalia como boa ou ótima a sua gestão, enquanto 30% vê como regular.
O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) mantém também a sua gestão bem avaliada, em meio à pandemia de Covid-19. De acordo com o novo levantamento do DataPoder360, em parceria com o Grupo A Tarde, o índice dos que consideram o seu governo como bom ou ótimo é de 76%. O levantamento foi feito por meio de ligações para celulares e telefones fixos e foram entrevistadas 2.500 pessoas em 209 municípios da Bahia. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. Em Salvador, o recorte foi de 800 moradores, com uma margem de erro de 3,5.
A popularidade do president Jair Bolsonaro cdestoa na capital baiana em relação não só da opinião do resto do país, quanto também a dos líderes do Executivo do estado e da capital, Rui Costa (PT) e ACM Neto (DEM). Agora, além de mais da metade dos soteropolitanos (55%) considerarem a sua administração como ruim ou péssima – 1% de oscilação desde a última pesquisa – o índice dos que acham bom ou ótimo caiu 4 pontos percentuais, voltando a marca de 20%, registrada no fim de abril.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário