Indagado sobre a possibilidade de concorrer à presidência da República em 2022, o governador Rui Costa (PT) voltou a dizer que seu nome está à disposição da legenda. O governador também avaliou que o ex-prefeito de São Paulo, e candidato à presidência em 2018, Fernando Haddad (PT) é candidato natural para o sufrágio que acontecerá em dois anos.
Contudo, ponderou que a escolha do nome petista para a disputa não deve ser tomada no âmbito pessoal. “Meu nome está disponível para 2022. Sou militante do partido. Portanto, o que a direção nacional e o presidente Lula desejar para 2022, eu seguirei. Se a vontade for por outro nome, estarei apoiando”, disse na manhã desta terça-feira (4).
Nesta manhã, o governador realizou a entrega de obras em encostas no bairro de Alto do Cabrito, Salvador. Sobre as eleições municipais de outubro desse ano, Costa afirmou que já conversou com praticamente todas as legendas que formam a sua base de apoio, mas não impôs uma data para que as três candidaturas que deve apoiar sejam postas.
Costa citou diálogos com o PSD, PP, Avante, Podemos, PT, PCdoB e PSB. “Esse é o momento que todos cobravam que eu apresentasse um nome, uma sugestão de nome. Eu apresentei o nome da Major Denice”, disse durante entrega de obras realizadas em encostas no bairro de Alto do Cabrito, Salvador.
Questionado sobre uma data para a oficialização da pré-candidatura da criadora da Ronda Maria da Penha, Rui voltou a dizer que essa é uma questão que cabe ao partido dos trabalhadores. O chefe do Executivo acrescentou que esse é o momento de os nomes serem testados quanto a sua aderência junto à população.
“Com 30, 60, 90 dias a gente faz uma avaliação dos nomes que cresceram, que caíram no gosto da população. Eles serão os nossos candidatos”, disse. Costa também disse que o pré-candidato do Avante, o deputado federal Pastor Sargento Isidório, já está consolidado como uma das opções da base – uma vez que está liderando as pesquisas as quais ele teve acesso.
Além de Isidório, o governador procura uma candidatura com perfil de centro, e outra à esquerda. “Esse é o desenho que eu julgo ideal, e vou tentar desenhar esse cenário lá para março, abril”, disse.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher