O PSD, comandado na Bahia pelo senador Otto Alencar, está apostando todas as fichas na eleição de Adolfo Menezes como presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Um deputado ouvido pelo bahia.ba, em anonimato, disse que o partido não abre mão do comando da Casa. Ele avalia ainda que uma possível reeleição de Nelson Leal (PP) para presidência perdeu “muita força” com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de não permitir as reeleições de Rodrigo Maia (DEM) e Davi Alcolumbre (DEM) na Câmara dos Deputados e no Senado.

“É óbvio que a gente aposta nossas fichas em Adolfo, que vai ser presidente da Casa. É dar tempo ao tempo e ver quem sai melhor nisso. Acho que a decisão do STF foi um balde de água fria nas pretensões de Nelson Leal. Além disso, o acordo feito tem que ser cumprido”, salientou.

Otto Alencar tem dito que não se envolverá na disputa, mas que o nome do PSD continua sendo o de Menezes.

“O candidato (à presidência do Legislativo estadual) do PSD sempre foi um só. O único candidato citado pelo governador Rui Costa”, reiterou. Menezes, por sua vez, relatou que não está acompanhando os debates em torno da sucessão da Mesa Diretora. “A eleição é em fevereiro.”

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário