O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez críticas ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), durante uma vídeoconferência na manhã desta quarta-feira (25). Bolsonaro afirmou que o tucano não tem autoridade moral para criticá-lo após lhe virar as costas.

Segundo a Folha de São Paulo, o presidente mandou Doria sair do palanque e afirmou que o Brasil vai sair da crise e decolar se o governador de SP não atrapalhar. A crítica ocorreu diante dos demais governadores do Sudeste.

Doria teria recomendado equilíbrio ao presidente, que afirmou que o tucano usou seu nome para se eleger e depois virou as costas como fez com os demais apoiadores.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Coronavírus