O presidente da CPMI das Fake News, o senador Angelo Coronel (PSD) voltou a criticar o anonimato na internet pra depreciação.
Para ele, a partir do momento que pessoas e empresas utilizam-se das redes para atingir seus alvos, são gerados conflitos familiares, de marcas, além de atrapalhar a democracia.
“E isso nós temos que combater. Ao fim dessa CPMI das Fake News, vamos propor novas leis, com sanções, para que a gente possa efetivamente combater esse mal e proteger a sociedade brasileira”, escreveu em seu perfil no Instagram.
“Temos que por um freio nas Fake News. A democracia tem que ser respeitada, o contraditório tem que ser respeitado”, ressaltou.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher