O deputado federal Daniel Almeida (PCdoB) criticou nesta terça-feira (28) a aproximação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com o centrão na Câmara dos Deputados.
O parlamentar disse que Bolsonaro está aderindo ao “fisiologismo político” e à velha política que “ele tanto condenou”.  Ele afirmou ainda que um possível pedido de impeachment do presidente neste momento pode ser “custoso” para o país.
“Olhando o discurso do Bolsonaro até aqui, é uma adesão à política fisiológica. Uma descaracterização profunda do perfil dele. Neste momento, ele tem dois problemas que afetam a imagem dele: o rompimento com o ex-ministro da Justiça Sergio Moro e a adesão ao toma lá dá cá”, argumentou.
“Do ponto de vista técnico e jurídico, há razão para o impeachment do presidente, nunca um presidente deu tanta razão para isso. Do ponto de vista político, tem que ter uma avaliação, porque o impeachment é um longo processo, principalmente durante uma crise social e sanitária. Isso pode ter um custo muito grande. Ainda há uma base mais fanática que apoia o Bolsonaro na Câmara. Por isso é preciso uma análise mais cautelosa e profunda do assunto”, ressaltou o deputado federal.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário