Presidente nacional do Democratas, o prefeito de Salvador, ACM Neto, negou, em entrevista à rádio Metrópole na manhã desta quinta-feira (23), que aceitaria ser ministro do governo de Jair Bolsonaro (Sem Partido), caso o convite fosse feito hoje.
“Eu não busco cargos. Estou me preparando para sair da prefeitura e ficar sem mandato. Quero mudar o chip e me preparar para uma caminhada. Na minha cabeça e no meu horizonte, os planos são outros. Prefiro gastar a sola do sapato rodando a Bahia toda, falando com o cidadão e retomando meus contatos no interior”, garantiu o democrata.
“Fui deputado federal por 10 anos, quero retomar meus contatos e continuar me aperfeiçoando. Seria indelicado de minha parte especular sobre um convite presidencial no futuro. Na política isso não pode ser feito”, acrescentou.
ACM Neto disse, ainda, que Bolsonaro “poderia ter olhado mais para o Nordeste”. “Acho que ele fez menos pelo Nordeste no primeiro ano de governo do que poderia ter feito. Faço aqui essa crítica publicamente”, contou.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher