Na Presidência desde 2019, o presidente Jair Bolsonaro acumula mais vetos rejeitados pelo Congresso Nacional do que os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB), que, juntos, totalizam 32, em 16 anos.

Em levantamento feito pelo Senado Federal, publicado pelo portal Metrópoles, desde que assumiu em 1º de janeiro de 2019, Bolsonaro já teve, em 2 anos e 11 meses, 64 decisões revertidas, total ou parcialmente, por parlamentares.

O presidente vetou, até agora, 185 projetos, total ou parcialmente, sendo que 64 dessas decisões foram revertidas pelos parlamentares. O levantamento contabiliza os vetos desde o ano 2000, período disponível no site do Congresso Nacional.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário