O presidente Jair Bolsonaro chamou o vice-presidente, Hamilton Mourão, de “tosco”, ao ser questionado sobre o que ele teria achado do depoimento de Mourão, que disse que Bolsonaro “não se expressou da melhor forma” ao defender o fim isolamento no combate ao coronavírus.

“O Mourão é muito mais tosco do que eu. Muito mais tosco”, disse Bolsonaro, ao responder a pergunta do apresentador José Luiz Datena, da TV Band.

“Alguns falam que eu sou um cara até muito cordial perto do Mourão. Mas o Mourão é um companheiro aqui, pau para toda obra e é o único que não é demissível no governo, então, pode ficar à vontade”, afirmou o presidente.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário