Após filiar o presidente Jair Bolsonaro, o PL espera aumentar seu espaço dentro do governo em pastas estratégicas. O avanço da sigla comandada por Valdemar Costa Neto sobre os cargos não será imediata. A expectativa é que indicados do PL ocupem postos de novos filiados que devem sair para disputar as eleições de 2022.

Um dos cargos cobiçados pelo PL é o Ministério da Infraestrutura, comandado por Tarcísio de Freitas, aposta de Bolsonaro para concorrer ao governo do estado de São Paulo pelo PL. Apesar da pressão do presidente, Tarcísio ainda não confirmou oficialmente que estará na disputa e cogita concorrer ao Senado por Goiás.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário