O governador Rui Costa, utilizou o Twitter para se pronunciar sobre as atitudes do procurador Deltan Dallagnol e colegas da Lava Jato. Segundo ele, postura do judiciário e do Ministério Público tem formato com feições nazistas contra adversários.

“Deltan Dallagnol escolhe como alvo o senador Jaques Wagner para uma busca e apreensão por uma questão simbólica, dias antes da eleição. Nada de justiça. É um crime contra a democracia e o estado de Direito”, disse Rui.

Rui destaca ainda que “este tipo de atitude é tão perversa quanto a ditadura. A sociedade apoia investigação séria para combater a corrupção, mas não apoia um judiciário e um MP em formato de partido político com feições nazistas numa perseguição cruel aos seus alvos escolhidos por conveniência ou para se construir uma ‘questão simbólica’. Muito triste”.

A postagem foi feita após a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, revelar que o procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol tinha o interesse de perseguir o senador Jaques Wagner (PT), por motivação política.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

*Atuou como Repórter nos jornais O Paraguaçu (Itaberaba/BA), Primeira Página (Jacobina/BA) e Oeste Hoje (LEM/BA). Sites: Camaçari Fatos e Fotos e Nossa Metrópole (Camaçari/BA). Atualmente, edita o portal TRagora e é Repórter do jornal Tribuna Regional.

Deixe Um Comentário