Para economistas, a forma descoordenada como o Brasil vem lidando com a pandemia faz com que as medidas de distanciamento durem mais, o que vai prejudicar a recuperação da economia brasileira. A reportagem é do jornal O Estado de S.Paulo.

Embora políticas como a implementação do auxílio emergencial de até R$ 1.200 para desempregados e informais tenham sido medidas acertadas, para eles, a falta de organização levou uma multidão de brasileiros de baixa renda a se aglomerar nas agências da Caixa Econômica Federal, prejudicando o isolamento.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário