Nesta quarta-feira (26), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), saiu da reunião com governadores do Nordeste sem acordo sobre a inclusão de estados e municípios na proposta de reforma da Previdência. Com bastante dificuldade para votar o relatório na comissão especial ainda nesta semana, Maia resolveu fazer uma última investida para robustecer a reforma.

“Os governadores colocaram aquilo que é relevante para eles. Coloquei aquilo que pode ser construído, mas volto a conversar com os líderes depois do almoço e depois volto a conversar com os governadores, para que a participação dos estados voltem para a PEC, na comissão ou em plenário, para que a gente possa garantir uma votação forte da Previdência, somada à certeza de que atendemos à federação como um todo” explicou o presidente da Câmara.

Maia acrescentou que, caso os estados e municípios não sejam incluídos na proposta, o país terá problemas a curto prazo, com prejuízo à União, que teria que socorrer os entes da federação. Radar

COMPARTILHE

Sobre o Autor

*Atuou como Repórter nos jornais O Paraguaçu (Itaberaba/BA), Primeira Página (Jacobina/BA) e Oeste Hoje (LEM/BA). Sites: Camaçari Fatos e Fotos e Nossa Metrópole (Camaçari/BA). Atualmente, edita o portal TRagora e é Repórter do jornal Tribuna Regional.

Deixe Um Comentário