A centenária Festa do Divino Espírito Santo em Jacobina (BA), teve o seu ponto alto neste domingo (9) com o cortejo solene da bandeira do Divino Espírito Santo, que saiu da Igreja da Missão para a Matriz, onde aconteceu uma missa celebrada pelo padre Jucimário Carvalho.

Os fiéis acompanharam a procissão ao som da Filarmônica 2 de Janeiro que, como informou o maestro Celso Santos, participa da festa há 141 anos. O prefeito Luciano Pinheiro e a primeira-dama Aline também estiveram participando do desfile. Este ano o evento foi organizado pela equipe do Imperador Jorge Luiz e do Alferes Leandro.

Foto: Augusto Urgente

Festa do Divino Espírito Santo
A Festa do Divino Espírito Santo acontece no domingo de Pentecostes , 50 dias depois da Páscoa. A data comemora a vinda do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus Cristo e é realizada em diversas cidades do País. Fiéis recorrem ao Espírito Santo com pedidos e promessas, em busca dos mesmos milagres solicitados aos santos da igreja católica.

O Divino Espírito Santo não é santo nem padroeiro, mas uma divindade para agradecer e festejar. É uma força representada pela pomba branca, pelas bandeiras coloridas e pelo mastro, que anuncia um novo tempo por meio da propagação de sete dons: fortaleza, sabedoria, ciência, conselho, entendimento, piedade e temor a Deus . A Festa do Divino é baseada principalmente nas relações de parentesco e vizinhança, que se organizam em mutirões para arrecadar fundos para a própria comunidade.

Foto: Augusto Urgente

A Festa
Embora seja marcada pelo viés religioso, com procissões, novenas e missas, a celebração do Divino Espírito Santo revela um forte caráter folclórico, com suas tradições e ampla participação popular. Cada cidade que a realiza acrescenta sua cultura na comemoração. Alguns elementos marcantes dos festejos são:

Imperador ou Festeiro – pessoa escolhida para organizar, estruturar e divulgar a festa.

As alvoradas e passeatas – cortejos pela cidade e visitas às casas; fogos de artifício pela manhã.

Foto: Augusto Urgente

COMPARTILHE

Sobre o Autor

*Atuou como Repórter nos jornais O Paraguaçu (Itaberaba/BA), Primeira Página (Jacobina/BA) e Oeste Hoje (LEM/BA). Sites: Camaçari Fatos e Fotos e Nossa Metrópole (Camaçari/BA). Atualmente, edita o portal TRagora e é Repórter do jornal Tribuna Regional.

Deixe Um Comentário