O secretário de Saúde da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas, garantiu, em entrevista à rádio Piatã FM na manhã desta segunda-feira (25), que irá exonerar os responsáveis por notificações tardias de mortes por coronavírus.
Ontem, em todo o estado, foram registrados 47 óbitos pela doença. No entanto, segundo o titular da pasta, as mortes foram acumuladas ao longo de 20 dias. Uma delas, inclusive, ocorreu no mês de abril.
“Eu mandei chamar os coordenadores da Vigilância de Saúde, os responsáveis pelos hospitais, a auditoria da Sesab e o corregedor-geral. Eu vou apurar cada um desses casos notificados tardiamente, ver quem deu causa, demitir ou exonerar o responsável”, revelou.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário