O atual secretário municipal de Agricultura e Pesca de Ilhéus, no sul da Bahia, Valmir Freitas, está entre os três presos durante a “Operação Xavier”, deflagrada na manhã desta quarta-feira (15) pela Polícia Federal.

Coordenada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), a ação teve como objetivo desarticular uma organização criminosa que atuava na Câmara de Vereadores de Ilhéus. Além de Valmir Freitas, dois empresários foram presos.

O secretário, que também é ex-vereador, teve o mandado de prisão preventiva cumprido durante a ação. Além dele, um vereador e sete servidores da casa legislativa foram afastados. Outras quatro pessoas, que também tinham mandados de prisão, estão foragidas.

Equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco) e da 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), atuaram na ação.

Os agentes também cumpriram dez mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela 1ª Vara Criminal de Ilhéus. O material, contando com celulares e documentos, foi encaminhado para o MP. Radar

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário