Menu

Salvador: Ao som de Jammil, Público diz o que espera do Brasil nos próximos jogos da Copa

TRagora 6 anos atrás

O empate do Brasil na estreia da Copa do Mundo 2018 pode até dificultar o sonho do Hexa, mas o público que foi até a Barra, Salvador,  assistir à transmissão do jogo não pareceu perder a esperança para as próximas partidas.

Pulando, enquanto o Jammil se apresentava no Farol neste domingo (17), a cozinheira Maria José disse que ficou triste, mas não com a confiança no time abalada. “Esperava que fosse melhor. Me senti um pouco triste porque queria um resultado melhor, mas dá pra ter confiança no Brasil”, relatou. A cozinheira também não deixou de citar seus jogadores favoritos: “Neymar e Marcelo”. “Jogaram bem, mas não tiveram sorte porque a bola não entrava”, pontuou a mulher de 46 anos.

Já Ramon Cedraz, 19, disse que, com o jogo, “deu pra ver que o Brasil ainda não está preparado pra conseguir o Hexa”. “Só basta evoluir. Tite pode muito bem conversar com os jogadores e ver os pontos que estão negativos”, argumentou. Mesmo assim, o jovem aprendiz defendeu a seleção a qual vestia a camisa. “Se até times fortes perderam, por que o Brasil não pode [empatar]?”, questionou, de maneira retórica.

Já o estudante de Engenharia, Erick Souto, revelou sua tática de “torcida”. “Tenho que dizer que eu não confio pra o hexa vir”, explicou o jovem de 18 anos, acrescentando que o problema da partida de hoje foi o recuo feito pelos jogadores após o gol de Phillipe Coutinho.

Fonte: Bahia Notícias

- Anúncio -
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Anúncio -