O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a acusar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de atrasar o cronograma de vacinação dos brasileiros contra a Covid-19. Em entrevista à GloboNews, nesta quinta-feira (18), o petista considerou as reuniões com o Ministério da Saúde como “produtivas”, apesar de sinalizar algumas críticas a demora para fechamento de contratos com laboratórios internacionais.

“As reuniões com o ministro [Eduardo Pazuello] e o Ministério da Saúde sempre são muito positivas, diria até que são produtivas. O problema não está na reunião, mas no pós-reunião. Muitas vezes tudo o que é acertado, não é executado, ou como já aconteceu alguns casos, no dia seguinte o presidente da República cancelar tudo aquilo que tinha sido pactuado”, revelou o governador.

Rui ainda criticou também a demora da Anvisa para aprovar novas vacinas como o imunizante russo Sputnik V. Segundo o governador, a agência sanitária está “a passos de tartaruga”.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário