A data de recomeço do Campeonato Baiano está definida. A bola voltará a rolar para o estadual no próximo dia 22. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (8), após reunião por vídeoconferência entre os dez clubes participantes e a Federação Bahiana de Futebol (FBF). De acordo com a entidade, o retorno foi aprovado por unanimidade e todos os times irão a campo.

O calendário do Baianão será conciliado com a Copa do Nordeste, que será reiniciada um dia antes, 21, e terá Salvador e Feira de Santana como sedes na reta final. A tabela completa com datas, horários e locais das partidas ainda será divulgada. “A Copa do Nordeste se inicia nos dias 21 e 22, é uma rodada desmembrada, então a gente tem que aguardar a tabela deles para que a gente possa saber o que iremos fazer com a nossa competição. Temos a data como 22 para que a gente aloque os jogos nos estádios e, se preciso for, desmembre a rodada também”, explica o presidente da FBF, Ricardo Lima.

O estadual foi interrompido no dia 15 de março, após a 7ª rodada da fase classificatória, em função da pandemia de coronavírus. Com 15 pontos, o Bahia é o líder isolado. Apenas com um, o Jacobina amarga a lanterna. Os quatro primeiros colocados avançam às semifinais e o último é rebaixado.

Ainda restam duas rodadas da primeira fase a serem disputadas. “Se iniciarmos tudo no dia 22, o próximo jogo é no dia 26. O tempo é curto e a gente precisa fazer jogos quartas e domingo”, projeta Lima.

Dois times baianos disputam a Copa do Nordeste, Bahia e Vitória, e o objetivo da FBF em aguardar o calendário do torneio regional é viabilizar a disputa dos dois torneios para essas agremiações. “A gente vai fazer de tudo para que isso não aconteça, porque entendemos que houve redução dos elencos, diferente do que aconteceu nas primeiras rodadas do Baiano, quando o Bahia tinha o time sub-23 e aconteceu de jogar no mesmo dia pela Copa do Nordeste e Campeonato Baiano. Hoje, a realidade é totalmente diferente. Sabemos que houve dispensa de atletas e a gente precisa ter essa adequação”, pontua o presidente da FBF.

O objetivo da entidade é ter o campeão estadual conhecido antes do dia 8 de agosto, quando será iniciado o Campeonato Brasileiro, mas as quatro datas das semifinais e finais só serão decididas posteriormente, em conjunto com os quatro times classificados à reta final do torneio.

ALTERAÇÕES E TESTAGEM

Os clubes poderão inscrever novos atletas até o final da fase de classificação. Porém, aqueles que já defenderam outros times na competição não poderão atuar, caso do artilheiro do estadual, o atacante Marcelo Nicácio. Antes jogador do Fluminense de Feira, ele agora defende as cores do Atlético de Alagoinhas.

O número de atletas não profissionais permitidos também aumentou de cinco para oito. Autorizada pela Fifa, a permissão para fazer cinco substituições durante as partidas foi incluída no regulamento da competição.

Alguns mandos de campos serão remanejados já que há cidades no interior do estado que apresentam alto índice de casos de covid-19. “A Federação já enviou ofício a todas as prefeituras e eles agora irão fazer esse procedimento junto aos órgãos competentes para que possam realmente ter a liberação dos estádios. Caso tenha negativa, nós iremos dar opção a eles para remanejamento das partidas”, afirma Ricardo Lima. “A Jacuipense, que antes jogava em Riachão do Jacuípe, já saiu na frente e vai mandar seus jogos em Salvador”, revela.

Ainda não está definido em qual estádio a equipe do interior irá mandar os jogos. A utilização da Fonte Nova para partidas do Campeonato Baiano depende de autorização do governo do estado.

O protocolo de segurança proposto pela FBF à Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) prevê testagem para covid-19 em todos os jogadores. “O protocolo fala que os atletas têm que ser testados no início da apresentação e 72h antes das partidas para que sejam encaminhados os laudos para a FBF”, pontua o dirigente. “Nós vamos seguir o protocolo rígido que foi aprovado pela Sesab, baseado praticamente em cima do da CBF. Todos os clubes que estão se apresentando estão fazendo os testes de covid-19 e estão encaminhando seus relatórios para a FBF e assim seguirá também para as partidas”, acrescenta.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário