Tiago Manoel Dias Ferreira, natural de Jacobina, solteiro, 35 anos, lavrador, ex-presidente da Associação Rural, vereador por dois mandatos e ex-candidato a deputado estadual. É pré-candidato a prefeito de Jacobina. Filiado ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Tiago concedeu, na última quinta-feira, entrevista exclusiva ao jornal Tribuna Regional e ao site tragora.com.br. Veja a seguir:
Tribuna Regional – Tiago Dias, você por duas vezes foi eleito vereador, sendo na primeira eleição o segundo mais votado e no segundo pleito o mais votado. A que credita isso?
Tiago Dias – Primeiro agradecer a Deus e segundo a população de Jacobina, principalmente as organizações sociais e religiosas no apoio ao nosso trabalho, e também muita dedicação, pois a única coisa que cai do céu é chuva.
TR – Nas últimas eleições você surpreendeu e obteve 14.921 votos para deputado estadual, sendo 11.163 só em Jacobina. Isso lhe credenciou a ser pré-candidato a prefeito. Sua pré-candidatura estar consolidada?
TD – Com certeza. Agora precisamos ter pés no chão, dialogar com as lideranças políticas religiosas e comunitárias e principalmente com a população, para unirmos forças e construir propostas que venham a atender os anseios da população de Jacobina.
TR – A cada semana você vem obtendo apoio de lideranças, a exemplo dos deputados estaduais Jacó do PT e Roberto Carlos do PDT, mesmo você sendo candidato do PCdoB. Como avalia estes apoios?
TD – Bastante positivo, pois o povo de Jacobina está acima de qualquer partido e, principalmente, que depois da eleição temos que esquecer correntes e ideologias partidárias e buscar o melhor para nossa população. Neste momento o nosso partido é Jacobina.
TR – Caso venha a ser prefeito, o que pode esperar a educação de Jacobina?
TD – Pode esperar propostas para introduzir a educação em tempo integral, o que irá proporcionar atividades que hoje não estão inseridas no contexto escolar, a exemplo de música, teatro, capoeira e algumas modalidades esportivas. Temos que melhorar a qualidade do transporte escolar, principalmente no quesito acessibilidade, temos que introduzir produtos orgânicos na merenda escolar, tornando-a mais atrativa e saudável, melhoria na estrutura física e material didático das unidades escolares, além de respeitar os direitos dos profissionais de educação e, finalmente, precisamos também melhorar os índices do IDEB, pois o pedagógico de Jacobina é muito bom, mas ainda faltam alguns itens para melhorar os números da educação básica do município e para isso estamos programando visitas a municípios com índices bastante positivos, a exemplo de Mata de São João, Juazeiro e Barra do Mendes, este último está entre os 20 municípios com o melhor desempenho  na educação básica.
TR – Quais as propostas para a área de saúde?
TD – Vejo da seguinte forma: Se a gente continuar fazendo saúde no modelo que está, estaremos enxugando gelo. Temos que ter os agentes de saúde e endemias como os principais atores a atrizes do Sistema Único de Saúde. Para isso precisamos investir mais na saúde preventiva, a exemplo do rastreamento do câncer da mama e de próstata, pois quando os hospitais estão lotados é sinônimo de que a atenção básica não está funcionando. Precisamos também ter UTI na cidade, pois sem está os hospitais de Jacobina serão apenas transferidores de pacientes. Necessitamos dar maior visibilidade e melhorar os investimentos na saúde mental, através do CAPS, que neste momento não estão tendo prioridade.
TR – Você, como homem do campo, deve ter um bom projeto para a área da agricultura e meio ambiente. Concorda?
TD – Com certeza. 40% da população reside no campo e são responsáveis por alimentar os outros 60% que estão na sede. É preciso ter prioridade. Hoje a atividade rural não representa nem 2% do PIB do município. Precisamos investir em assistência técnica, precisamos criar programas de convivência com o semi-ardido, principalmente no tocante ao armazenamento de água, pois o problema do Nordeste nunca foi falta de chuva, e sim porque as políticas sempre foram direcionadas para combater a seca e nunca iremos combater a mesma, pois é um efeito natural. Já pensou se a Europa fosse combater a neve? Precisamos produzir com sustentabilidade, por isso precisamos ter programas de preservação das nascentes e reflorestamento, precisamos respeitar a fauna e a flora, pois sem as mesmas deixaremos de existir.  Outra política pública que necessita de prioridade é com relação a causa animal.
TR – A infraestrutura de nosso município sempre foi um problema. Estradas, ruas esburacadas, esgoto a céu aberto etc. Qual a sua proposta para esse setor?
TD – Precisamos melhorar as estradas vicinais, precisamos melhorar a iluminação, não só no centro da cidade, mas também nos bairros, distritos e povoados, precisamos abrir novas avenidas, pois em 2008 tínhamos em torno de 10 mil veículos e hoje já ultrapassamos 30 mil veículos, porém as ruas e avenidas são as mesmas. Precisamos, urgentemente, de uma usina de asfalto, precisamos ter uma cidade com melhor acessibilidade. É inaceitável uma cidade do porte de Jacobina não ter uma ciclovia. Necessitamos, urgentemente, criar ciclovias e ciclo faixas nas principais vias de Jacobina. Lomanto Júnior, passando pela João Fraga Brandão até a Centenário. Assim como Orlando Oliveira Píres, Castelo Branco e Nossa Senhora da Conceição, com a interligação através da Raimundo Xavier de Menezes, antiga Paulo Souto.  Além da Reinaldo Jacobina Vieira e Luiz Alberto de Carvalho.
TR – Tiago Dias, sabemos que os problemas são tantos que jamais poderíamos debatê-los em apenas uma entrevista. Pedimos suas considerações finais.
TD – Verdade. Pois temos a cultura o esporte, a área social, juventude, mulher, comunidades tradicionais, geração de emprego e renda, tecnologia da informação, além de outras políticas públicas dentro das áreas aqui debatidas, a exemplo do autismo, pessoas com necessidades especiais, como também a melhoria das feiras livres, saneamento básico e modernização administrativa do município.
Finalmente, agradeço ao Tribuna Regional e ao site TRagora pela oportunidade de levar nossas idéias ao povo de Jacobina, desejando a todos dias melhores para nossos munícipes.
TrAgora
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher