Um homicídio ocorrido na madrugada do dia 24 de junho, por volta das 4h20, teve como vítima o Reinanderson Silva Dourado, conhecido por ‘Bê’. Ele foi morto brutalmente por um grupo de homens, próximo ao circuito do São João de Irecê.
Segundo a polícia, comparsas envolvidos na morte de Bê disseram que ele era ‘caguete’ – expressão usada para sujeitos que entregam outra pessoa. De forma sorrateira, realizaram uma emboscada, que culminou com a morte cruel da vítima, que foi espancada e lesionada com pedradas e socos, vindo a óbito logo em seguida.
A Polícia Civil, através do Setor de Investigação (SI), conseguiu identificar os envolvidos. A Autoridade Policial reapresentou pela prisão temporária pelo prazo de 30 dias em desfavor dos envolvidos na morte.
Neste quarta-feira (28), Policiais Civis da Delegacia Territorial de Irecê, Coordenadoria e DTE cumpriram o mandado de prisão temporária (prazo de 30 dias) em desfavor de Edivan Clepson, o Galeguinho da Teneré, um dos envolvidos no referido crime.
Além disso, essa mesma pessoa foi respeitável por espancar um homem na 1ª de janeiro, no dia 29/06/2019, cidade de Irecê , em frente um estabelecimento comercial. Ele também responderá pelo crime de tentativa de homicídio.
Por fim, a Polícia civil conseguiu elucidar o crime e prender um dos envolvidos. As diligências continuam objetivando a prisão dos demais membros que ceifaram a vida do jovem.
Polícia Civil de Irecê
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher