O secretário da Saúde da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas, classificou, em uma publicação feita nas redes sociais nesta quarta-feira (30), como “inconcebível e inaceitável” a postura da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de manter as exigências regulatórias para aprovação das vacinas contra a Covid-19.

Segundo o titular da pasta, a crítica “não possui qualquer conotação política”. “É pura indignação. Sou e sempre fui defensor da Anvisa e da sua blindagem. Mas o que estamos a viver é uma desconexão total da agência com a realidade do mundo aqui fora”, escreveu Vilas-Boas, em seu perfil no Twitter.

“Exigir ensaios clínicos com alguns poucos milhares de brasileiros, quando lá fora já há dezenas de milhares estudados, pedir Boas Práticas de Fabricação e visitar o chão da fábrica da Pfizer americana, são alguns exemplos que me parecem exageros”, acrescentou o secretário.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário