A obra de macrodrenagem que foi realizada entre a Rua Manoel Novais, passando pela Rua Afonso Costa – hoje parte do novo Calçadão de Jacobina -, e a Avenida Orlando Oliveira Pires, no centro da cidade, está concluída. Após 40 dias do início da obra, segundo a Secretaria  Municipal de Infraestrutura, resta apenas o processo de curagem do concreto.
Ao Jacobina Notícias, o secretário Rodrigo Jacobina, responsável pela pasta, disse que a liberação do trecho da Avenida Orlando Oliveira Pires, interditado desde 20 de novembro, deve acontecer no próximo dia 14 de janeiro. Rodrigo destacou ainda a importância da obra para evitar que alagamentos aconteçam no entorno do Calçadão. “Uma galeria que era de 90 centímetros de largura por 1,20 metro de profundidade, hoje é uma galeria de 4,10 metros de largura por 2 metros de profundidade. Antes, a galeria suportava em torno de 20 toneladas, agora passa a suportar 70 toneladas. O objetivo principal é melhorar o escoamento das águas que vêm do bairro Caixa D’água, das ruas Cajueiro, Dois de Novembro, José Pinho de Freitas, Aristóteles Martins e do Planalto da Conceição, que acabam desembocando nessa área da cidade”, explicou Rodrigo.
Mesmo antes da interdição parcial da avenida, ações de conscientização e orientação foram realizadas pelo SMTT (Serviço Municipal de Tráfego e Transportes), com intuito de minimizar os impactos no dia a dia dos condutores de Jacobina . À época, mapas e panfletos explicativos com os melhores trajetos foram divulgados pelo SMTT, o que facilitou a circulação dos motoristas e motociclistas jacobinenses. Estas recomendações continuam valendo até que o trecho interditado seja totalmente liberado.
Por Robson Guedes / Jacobina Notícias
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher