Foto: Tiago Dias/arquivo pessoal.

 

(Por Carlos de Deus) – No mundo do futebol quando um jogador costuma fazer muitos gols, sempre se diz “Ele tem cheiro de gol”, trazendo isso para a política, podemos também afirmar: “Tiago tem cheiro de voto”. Quando foi eleito vereador a primeira vez, Jacobina pouco o conhecia. Tiago, porém surpreendeu e foi o segundo mais votado, passando de mil votos. Na reeleição em 2016 novamente teve mais de mil votos e foi o primeiro colocado. Desta vez Tiago surpreende de forma espetacular e tem para deputado estadual 11.163 votos em Jacobina e 14.921no total. Rui Macedo, que já foi duas vezes deputado estadual e duas vezes prefeito de Jacobina foi candidato a deputado federal e ficou com apenas 5.188 votos em Jacobina menos da metade da votação creditada a Tiago Dias. No total Rui conseguiu 8.367 votos.

Que Tiago foi muito feliz, em surfar na onda da mudança, que marcou estas eleições, é verdade, porém é indiscutível que nasce uma nova liderança política em Jacobina e em se falando de futuro, já pode começar a pensar em 2020, mesmo sabendo que o voto para deputado e para prefeito, são situações bastante diferentes.

    Foto: Tiago Dias em campanha.

A título de registro o Partido dos Trabalhadores de Jacobina, também se saiu bem. Kátia obteve 3.293 votos, Marcelino Gallo 3.019 e Neusa Cadore 1.341, totalizando 7.653 votos, já para federal Jorge Solla 3.836 e Afonso Florence 2.724, o que totaliza 6.560, superando assim os votos de Rui Macedo.

 

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

1 comentário

Deixe Um Comentário