Menu

Novo dono do triplex atribuído a Lula tem condenação por improbidade

TRagora 6 anos atrás

O novo dono do tríplex do edificio Solaris no Guarujá — que levou o ex-presidente Lula (PT-SP) à prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro — já foi condenado  por improbidade administrativa, devido à fraudes em licitações da Prefeitura de João Pessoa, capital da Paraíba. A sentença decorreu da Operação Confraria, deflagrada em 2005 pela Polícia Federal. Fernando Costa Gontijo, que arrematou o apartamento atribuído ao ex-presidente, foi apontado como representante da Via Engenharia em uma concorrência fraudada.

A sentença partiu da juíza Wanessa Figueiredo dos Santos Lima, da 2ª Vara Criminal, em 12 de junho de 2017. O empresário alega inocência e recorre da decisão no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5). A informação foi revelada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e confirmada pelo jornal “O Globo”.

Nesta terça-feira, Gontijo arrematou o triplex no condomínio Solaris, no Guarujá, pelo valor mínimo previsto no edital. O empresário vai desembolsar R$ 2,2 milhões pelo imóvel, ponto central da condenação de Lula na Operação Lava-Jato.

 

EDIÇÃO: Redação TRagora

 

- Anúncio -
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Anúncio -