Menu

Mulher é detida por injúria racial após comparar cobrador de ônibus a boneco negro

TRagora 6 anos atrás

Uma mulher foi detida por injúria racial, na cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, após comparar um cobrador de ônibus a um boneco de ventriloquia negro, arte de projetar a voz em um brinquedo para dar a impressão que o boneco fala. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (20).

O caso ocorreu na manhã da quinta (19), no bairro kadija. O personagem usado para ofender o cobrador é popular na cidade. Ele é conhecido como “Boneco Futuca”, e é negro – o que, segundo a polícia, motivou a conotação.

De acordo com a polícia, a mulher, identificada como Fabiana Alves Macêdo, ofendeu o cobrador no momento em que os dois discutiam, dentro de um ônibus, após ela embarcar no coletivo. O motivo da discussão não foi divulgado.

Após a injúria, a polícia foi acionada, esteve no local, e encaminhou a vítima, a mulher e algumas testemunhas para o Distrito Integrado De Segurança Pública (Disep), na cidade, onde o cobrador de ônibus formalizou denúncia.

A mulher foi indiciada por injúria racial e levada para a carceragem da unidade de polícia. No entanto, deixou o local ainda na quinta-feira, após pagar fiança de R$ 2 mil.

- Anúncio -
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Anúncio -