O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio,  foi notificado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) no caso em que é acusado de ameaçar de morte a deputada Alê Silva  (PSL-MG).

Segundo a revista Época, o ofício foi expedido pelo TJ na semana passada e endereçado ao gabinete do ministro pedindo para que compareça a uma audiência junto com a deputada para avaliar se existe a chance de um acordo. Uma possibilidade é que o ministro pague uma indenização a Alê.

Alê Silva acusou Álvaro Antônio de ameaçá-la de morte em abril à Polícia Federal, e em julho à Procuradoria-Geral da República, alegando “medo” e “angústia”.

Em setembro, a PGR encaminhou a denúncia ao Ministério Público mineiro. Bnews

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

Deixe Um Comentário