Menu

Ministro de Minas e Energia afirma que apagão ocorreu por ‘erro de programação’

TRagora 6 anos atrás

O apagão que deixou 70 milhões de brasileiros sem luz na quinta-feira, principalmente do Norte e Nordeste, ocorreu por uma falha no linhão de Belo Monte, linhão operado pela chinesa State Grid e que entrou em operação em dezembro do ano passado. O apagão ocorreu quando a carga da linha dobrou, de 2 mil megawatts para 4 mil megawatts. O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, disse que o aumento da carga de energia foi motivada por um “erro de programação”, segundo informado pela ONS à pasta, e ela não suportou, afetando de forma mais severa os estados do Norte e Nordeste, com interrupção do abastecimento. Até agora, o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) sabe que o equipamento estava com ajuste errado, prevendo uma carga mais baixa do que os 3,7 mil megawatts (MW) que passavam pelo sistema no momento da queda.

– Pelo volume de energia que passava naquele momento pela subestação, 4 mil megas, ter derrubado 18 mil megas, segundo o Barata (Luiz, diretor geral da ONS), está dentro de um número aceitável. Mas ele vai ter dez dias para averiguar as causas do problema – disse o ministro, em referência a uma reunião que ocorrerá segunda-feira, entre a ONS e as empresas de energia afetadas, para analisar o que causou o apagão.

Mais cedo, nesse mesmo evento de energia do qual participam no Rio, Barata disse que elaborará um relatório explicando o ocorrido em até 10 dias, a contar da reunião.

O ministro disse, ainda, que espera que seja explicado se algum mecanismo de defesa ou back up tenha deixado de funcionar, ao ocorrer o aumento de carga na subestação.

Coelho Filho classificou o apagão como “de magnitude bastante elevada” ao justificar a falha ter desabastecido alguns estados por até 5 horas:

– Mas soube de regiões do Norte em que o problema foi restabelecido em uma hora, uma hora e meia.

O Globo

- Anúncio -
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Anúncio -