Na Bahia, 24 municípios foram contemplados com o custeio de 1.127 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para tratamento exclusivo de pacientes diagnosticados com Covid-19. A contemplação foi liberada pelo Ministério da Saúde, nesta terça-feira (25), e deve ser transferido aproximadamente R$ 54 milhões para os subsídios desses leitos.

Entre os municípios beneficiados, Salvador lidera o ranking de leitos custeados, seguido por Feira de Santana, Vitória da Conquista, Ilhéus e Barreiras – com 569, 73, 70, 61 leitos, respectivamente.

A portaria foi assinada pelo titular da pasta, Marcelo Queiroga, e publicada na edição desta terça (25) do Diário Oficial. “As despesas autorizadas nos termos desta Portaria são referentes ao mês de maio de 2021”, destaca o texto da portaria.

Confira a relação de municípios, quantidades de leitos de UTI Covid-19 custeados e valores totais destinados:

Alagoinhas – oito leitos – R$ 384 mil

Barra – 10 leitos – R$ 480 mil

Barreiras – 40 leitos – R$ 1.920.000 milhões

Camaçari – 10 leitos – R$ 480 mil

Eunápolis – 20 leitos – R$ 960 mil

Feira de Santana – 73 leitos – R$ 3.288.000 milhões

Guanambi – 10 leitos – R$ 480 mil

Ilhéus – 61 leitos – R$ 2.928.000 milhões

Irecê – 10 leitos – R$ 480 mil

Itaberaba – 20 leitos – R$ 960 mil

Itabuna – 30 leitos – R$ 1.440.000 milhões

Jacobina – 20 leitos – R$ 960 mil

Jequié – 29 leitos – R$ 1.392.000 milhões

Juazeiro – 30 leitos – R$ 1.440.000 milhões

Lauro de Freitas – 20 leitos – R$ 960 mil

Paulo Afonso – 10 leitos – R$ 480 mil

Porto Seguro – 20 leitos – R$ 960 mil

Remanso – 10 leitos – R$ 480 mil

Salvador – 569 leitos – R$ 27.312.000 milhões

Seabra – 12 leitos – R$ 576 mil

Serrinha – 20 leitos – R$ 960 mil

Teixeira de Freitas – 15 leitos – R$ 720 mil

Valença – 10 leitos – R$ 480 mil

Vitória da Conquista – 70 leitos – R$ 3.360.000 milhões

Fonte: Mais Política

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário