Menu

Marmoristas do Centro Norte se preparam para a Cachoeiro Stone Fair

TRagora 6 anos atrás

Cerca de um mês após a Vitória Stone Fair 2018 – 45ª Feira Internacional do Mármore e Granito – que aconteceu na Grande Vitória, Espírito Santo, marmoristas atendidos pelo Sebrae nos município de Jacobina e Ourolândia, Centro Norte baiano, se preparam para mais um evento. Dessa vez, é a 46ª Cachoeira Stone Fair – Feira Internacional do Mármore e Granito – que acontece de 28 a 31 de agosto, na cidade de Cachoeiro do Itapemirim, também no Espírito Santo.

O marmorista Sergio de Souza Santos, da CD Bege e Polimentos, com três anos no mercado, foi um dos empresários que participaram da missão. Ele destacou a oportunidade de participar do evento. “Foi enriquecedor pelas técnicas apresentadas novos produtos e subprodutos, e ainda pela possibilidade de novos contatos”.

Ao todo, participaram da missão a Vitória Stone Fair 22 marmoristas. A ação foi uma parceria entre o Sebrae e a Assobege (Associação dos Empreendedores de Mármore Bege Bahia), IDEM-GB (Instituto do Desenvolvimento do Mármore Bege Bahia – Giangranco Biglia), Simagran (Sindicato das Indústrias de Mármores, Granitos e Similares do Estado da Bahia), Abirochas (Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais) e Prefeitura de Ourolândia.

Osmar de Almeida Silva, secretário de Meio Ambiente de Ourolândia, explica que o Mármore Bege Bahia, conhecido nacional e internacionalmente, é um produto exclusivo do município. “A Vitória Stone Fair, assim como outras missões empresariais, se tornou uma excelente oportunidade para ampliar vendas, manter contato com clientes, conhecer novas tecnologias e novos fornecedores de máquinas e equipamentos, produtoras de insumos e os diversos produtos empregados na cadeia produtiva do mármore até a sua forma final para atender o consumidor”.

Ele ressaltou que a organização do Sebrae proporcionou um ótimo aproveitamento da Feira. “As duas visitas realizadas a empresas do segmento do mármore permitiram o acesso a excelentes ideias de aproveitamento dos rejeitos, além da tecnologia de corte com jato d’água, o que abre oportunidades de produtos e serviços. Além disso, a Vitória Stone Fair coloca personagens mundiais na interação com o arranjo produtivo local, criando um ambiente favorável para novos negócios e parcerias”.

Segundo o técnico do Sebrae em Jacobina, Osório Rebouças, as missões técnicas e empresarias impactam positivamente no dia a dia da empresa participante. “Os empresários têm grande resultados, já que conseguem conhecer novas tecnologias e firmar parcerias. No caso da Vitória Stone Fair 2018, as inovações apresentadas não foram só no segmento de polimento de mármore, mas os marmoristas tiveram acesso a modernos designer de pedras, com grande valor agregado”, reforça Rebouças, que é responsável pelo Projeto da Cadeia Produtiva da Cerâmica e Rocha Ornamentais.

Por Tamara Leal
Fonte: Agência Sebrae de Notícias Bahia

- Anúncio -
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Anúncio -