Foi aberto nesta terça-feira (24), pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Processos Administrativos Disciplinares (PADs) contra um juiz e cinco desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5).

Na decisão, que tem como relator o conselheiro Humberto Martins, serão investigados os desembargadores Maria Adna Aguiar do Nascimento, Esequias Pereira de Oliveira, Washington Gutemberg Pires Ribeiro, Maria das Graças Oliva Boness e Norberto Frerichs.

Além dos desembargadores, também virou réu na ação, que tem como acusações envolvendo esquema de venda de sentenças, investigado pela Polícia Federal no âmbito da Operação Injusta Causa, o juiz Thiago Barbosa Ferraz de Andrade.

Política Livre

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher