Em resposta às declarações dos dirigentes sindicais acerca da negociação salarial em curso entre a empresa e o sindicato da categoria, a direção da Jacobina Mineração e Comércio (JMC/Yamana), enviou à Redação do TRagora uma nota oficial sobre as negociações. Leia abaixo a íntegra da nota:

Nota de esclarecimento – 18 de abril de 2019

A Jacobina Mineração e Comércio (JMC) tem mantido contato frequente com o Sindicato dos Mineiros de Jacobina e Região para construção de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019. Foram realizadas 4 reuniões: 27 de março, 01, 04 e 09 de abril a convite da empresa.

Por acreditar no caminho do diálogo para a ponderação dos termos do Acordo Coletivo, foi realizada uma Assembleia Geral Extraordinária nesta manhã, 18 de abril. A JMC agradece pela atenção de seus colaboradores (as), que escutaram atentamente a explicação de cada item sugerido, e acredita que o bom clima organizacional e o excelente momento de geração de empregos são pontos positivos para as negociações.

Ao final da reunião, quase a totalidade dos trabalhadores sinalizou ser favorável às propostas apresentadas pela empresa. A soma do pacote de benefícios representa um aumento de 12,37% do salário atual da maioria dos trabalhadores da empresa, isto é, 8% acima da inflação. A composição dos aumentos chega a ser, em média, 5% maior do que o praticado na região pela atividade mineradora.

A JMC reafirma a legitimidade da entidade sindical, instrumento decisivo para uma conquista de resultados favoráveis das negociações coletivas de trabalho. A empresa ressalta ainda que, por prezar pela transparência na relação com a comunidade e com os colaboradores, segue à disposição do sindicato para o diálogo.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

*Atuou como Repórter nos jornais O Paraguaçu (Itaberaba/BA), Primeira Página (Jacobina/BA) e Oeste Hoje (LEM/BA). Sites: Camaçari Fatos e Fotos e Nossa Metrópole (Camaçari/BA). Atualmente, edita o portal TRagora e é Repórter do jornal Tribuna Regional.

Deixe Um Comentário