As drogas são um problema instituído e para combatê-las é necessária uma união de esforços entre governo e sociedade. Nesta sexta-feira (29.11), o prefeito Luciano da Locar se reuniu com membros do Projeto Social AME, que está iniciando a implantação de um Centro de Recuperação de Dependentes Químicos em Jacobina. O projeto contará com a parceria da Igreja Assembleia Deus, na pessoa do Pastor José Maurício, e funcionará nas instalações da antiga Escola Agrícola.
“Precisamos olhar para um dependente químico, como alguém que necessita de nós, precisamos enxergar nas pessoas que estão em qualquer situação de vulnerabilidade, a oportunidade de ajudarmos na transformação da vida de alguém, nosso papel é recuperarmos e inserirmos as pessoas na sociedade”, ressaltou o pastor José Maurício.
Recentemente a Câmara Municipal de Vereadores aprovou por unanimidade a propositura do prefeito Luciano da Locar, que enviou ao legislativo o Projeto de Lei para cessão de uso do Colégio Agrícola, ao projeto social.
Segundo a primeira-dama Aline Pinheiro, é motivo de alegria ver que Jacobina tem avançado na Assistência Social, vislumbrando a transformação de vidas. “O sentimento que toma conta de nós neste dia é de alegria, de louvarmos a Deus pelo Projeto Social e dizer que estaremos juntos para ajudar de alguma forma, afinal o que ocorrerá aqui vai impactar positivamente nas famílias jacobinenses”, disse Aline.
Para o prefeito Luciano da Locar,  os resultados alcançados pela igreja em projetos de reabilitação são uma motivação para o governo. “Eles conseguem ter um resultado muito maior do que qualquer outro centro de reabilitação de dependentes de droga porque as pessoas saem dali dentro de um processo de inclusão social, um processo de esperança e de crença na Palavra de Deus. Isso faz com que a pessoa permaneça fora da droga e busque alternativas para a sua vida”, avaliou.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher