Na manhã desta terça-feira (24), a Empresa PAHD juntamente com a Prefeitura de Jacobina , comemorou dois anos de conquistas e investimentos à frente da Clínica de Hemodiálise Heitor Lima.
O Centro de Hemodiálise de Jacobina atende atualmente a 19 municípios, além de fazer parte da rede de apoio a Regulação do Estado da Bahia para o tratamento dos pacientes renais crônicos. Recebendo também pacientes em trânsito, em casos previamente autorizados. A unidade que antigamente tinha apenas 20 máquinas, hoje dispõe de 35 máquinas modernas de diálise, sendo duas máquinas reservadas para o atendimento de emergência, totalizando uma capacidade máxima de atendimento de 180 pessoas, com consultas feitas todos os dias.
Uma experiência bem sucedida, a parceria do serviço da PAHD juntamente com a Prefeitura Municipal de Jacobina, que realiza um trabalho humanizado, onde todos os pacientes renais crônicos residentes em Jacobina, contam com o apoio da Secretaria de saúde com o translado de ida e volta para casa.
Segundo o médico Nefrologista Agnor Christy presente no evento, o número de transplantes renais ao longo desses dois anos, com a parceria da PAHD e da Secretaria Municipal de Saúde foram de nove.
“É muito importante estar, realmente, celebrando a vida, celebrando a saída desses pacientes da hemodiálise. O transplante dá para o paciente uma qualidade de vida e uma possibilidade de fazer coisas que, para nós, são pequenas, mas para o transplantado renal é muito grande”, afirmou o médico.
Na ocasião, o Prefeito Luciano Pinheiro anunciou que estará enviando um projeto de Lei á Câmara de Vereadores para doação de área para construção de mais uma Clinica de Hemodiálise no município de Jacobina.
“Já somos um pólo em educação e vamos consolidar Jacobina como Pólo de saúde também. Atualmente atendemos cerca de 90 pacientes diariamente e sabemos que a demanda é grande na Bahia, mas tenho certeza que Jacobina sairá à frente, permitindo mais vagas nessa área que é tão necessária”. Disse o Prefeito Luciano.
No evento ainda se falou da grande importância do Setembro verde, o mês de conscientização sobre a importância da doação, pois um doador pode salvar oito ou até mesmo 10 vidas.
Ascom/PMJ
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher