Nos últimos dias, uma infestação de caramujos africanos vem deixando preocupados os moradores da cidade de Jacobina. De uma hora para outra, os bichos começaram a espalhar por diversas ruas e quintais dos imóveis e as pessoas estão com medo de contrair doenças.
No bairro Morada do Sol, por exemplo, a dona de casa Maria Oliveira afirma que está muito preocupada com o número crescente de caramujos no local, que ficam concentrados principalmente nos terrenos baldios, onde mato serve como abrigo.
“Estou muito nervosa, tenho medo de pegar uma doença contagiosa, esses bichos são perigosos, já vi uma reportagem na televisão sobre os riscos que eles representam para a população. A prefeitura precisar tomar providências, esses terrenos aqui não podem ficar assim, abandonados, cheio de mato, servido como foco de doenças”, desabafa a dona.
Os moradores do bairro da Caixa D´Água também estão assustados com a infestação. No local, muitos moradores estão utilizando sal para matar os caramujos.
Segundo relatos de moradores, os caramujos também estão se proliferando nos bairros Jacobina IV, Nova Amanhecer e Grotinha.
Segundo especialistas, a espécie do caramujo africano (Achantina fulica) pode causar diversos prejuízos a sociedade de modo geral, sendo herbívoros estes caramujos podem se alimentar não só de plantas destruindo-as, como podem na falta de alimento natural comer o que encontram na natureza. O caramujo não provoca apenas impactos ambientais, podem carregar o vetor das de doenças como a meningite e a hepatite e também hospedar o verme Angiostrongylus costaricensis agente causador da angiostrogiliase abdominal.
Fonte: Jacobina 24 Horas
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário