Era por volta das 6h da manhã desta sexta-feira (7), quando delegados e diversos policiais, investigadores e escrivães da 14ª Coorpin, juntamente com guarnições da Cipe Semiárido, CETO e Rondesp, deram início à Operação São João Limpo que tem como objetivo tirar das ruas criminosos perigosos e procurados pela Justiça.

Após um minucioso trabalho de investigação e levantamento de informações feito pela Delegacia Territorial de Irecê e a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, as autoridades policiais cumpriram sete mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça. Seis alvos da operação foram conduzidos para a unidade policial e devidamente autuados.

Um dos procurados pela Polícia, Erisvaldo Pereira, conhecido como “Lego”, não teve a mesma sorte. Segundo relato policial, Lego desferiu tiros em direção às equipes. No revide, o suspeito foi atingido e, mesmo socorrido à unidade hospitalar, não resistiu e morreu.

De acordo com a Polícia Civil de Irecê, Lego respondia por diversos crimes na cidade, sendo bastante conhecido e temido nos bairros Fundação Bradesco e Morro do Urubu. Ele também era apontado como um dos integrantes da facção criminosa intitulada MDU, tendo como líderes os seus sobrinhos Bê e Momó.

A operação São João limpo contou com a participação de aproximadamente 60 policiais civis e militares, objetivando o combate a criminalidade na cidade de Irecê. Redação TRagora, com Informações da 1ªDT-Irecê e DTE/DRACO

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário