O Guarda Municipal Almir Santos Lima, 42 anos, filiado ao Partido dos Trabalhadores, deverá assumir uma cadeira na Câmara Municipal de Jacobina.

Nesta terça-feira (30), o Juiz Eleitoral da 46ª Zona Eleitoral, Dr. Bernardo Lubambo, decidiu anular os votos concedidos ao PP (Partido Progressista) por uso de candidaturas de laranjas para fraudar a cota mínima de candidatas mulheres na última eleição municipal. Com isso,  vereador Everton Macedo Lima Oliveira (Tom do Povão), teve o mandato cassado em primeira instância.

A Justiça determinou o “recálculo dos quocientes eleitoral e partidário e demais consectários”,  o que poderá levar o PT, que ficou com maior sobra de votos,  a conquistar a segunda cadeira na Câmara Municipal de Jacobina.

Na eleição do ano passado, Almir Lima  somou 506 votos, ficando na primeira suplência da coligação proporcional do Partido dos Trabalhadores.

Fonte: Jacobina24Horas

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário