A garota de sete anos que morreu de dengue na última segunda-feira (3) foi diagnosticada com dengue hemorrágica, tipo mais grave da doença, pelo Hospital Martagão Gesteira, em Salvador. A informação foi divulgada pela unidade médica nesta quarta-feira (5). Melissa Freire morava em Jacobina, no norte da Bahia.

Segundo informações do Martagão Gesteira, Melissa Freire foi atendida, inicialmente, no Hospital Municipal de Jacobina, no domingo (2), local onde foi diagnosticada com dengue, após apresentar sintomas como vômito, febre e desidratação.

No dia seguinte, a garota foi encaminhada para o Hospital Martagão Gesteira, que fica em Salvador, onde o quadro de saúde se agravou e foi constatado a dengue hemorrágica. A unidade médica informou que não existe um exame que comprove o tipo da doença e que os médicos diagnosticam de acordo com o quadro de saúde do paciente. Melissa teve disfunção de múltiplos órgãos.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), até 31 de maio, a Bahia teve 11 mortes provocadas pela dengue. Um caso foi registrado em Candeias, sete em Feira de Santana, dois em Salvador e um em Saubara. A morte de Melissa Freire ainda não foi contabilizada pela Sesab.

Além disso, foram registrados duas mortes por chikungunya em Feira de Santana. G1

Assista à reportagem:

COMPARTILHE

Sobre o Autor

*Atuou como Repórter nos jornais O Paraguaçu (Itaberaba/BA), Primeira Página (Jacobina/BA) e Oeste Hoje (LEM/BA). Sites: Camaçari Fatos e Fotos e Nossa Metrópole (Camaçari/BA). Atualmente, edita o portal TRagora e é Repórter do jornal Tribuna Regional.

Deixe Um Comentário