O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) disse que se demitiria se estivesse no lugar do ministro da Justiça e Segurança Pública (veja aqui), Sergio Moro, e considerou a entrada de Alexandre Frota no partido como um “retrocesso”. As declarações foram dadas durante entrevista ao programa Conversa com Bial, da TV Globo.

Sobre a ida de Frota para o ninho tucano, após ter sido expulso do PSL, FHC revelou não ter sido consultado da decisão, apesar de ser presidente de honra do partido.

“Imagine, nunca [consultaram]! É um retrocesso no meu modo de ver. Eu não conheço o Alexandre Frota. Não sou um homem de preconceitos, mas acho um passo atrás, ele falou mal do partido”.

UOL

 

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher