Menu

ENGIE realiza programação especial em comemoração ao mês do Meio Ambiente

TRagora 6 anos atrás

Mutirão de coleta de resíduos, plantio de mudas, palestras e exposição fotográfica. Estas foram algumas das ações promovidas pela ENGIE em alusão ao dia Mundial do Meio ambiente, comemorado no dia 05 de junho. As atividades contaram com o apoio das empresas prestadoras de serviço dos Complexos Eólicos Campo Largo e Umburanas onde mais de 700 trabalhadores participaram das ações.

 

Na Escola Osvaldo Lopes, os alunos do 4º e 5º ano debateram durante uma palestra conceitos básicos e curiosidades sobre a data e aprenderam mais sobre a geração de resíduos sólidos. As atividades foram encerradas com um mutirão para coleta de resíduos nas proximidades da escola e reflexão da ação.

Os estudantes da Escola Estadual Maria Madalena também foram contemplados com uma palestra que abordou entre outros temas, a importância da vegetação para o meio ambiente e para o ser humano. Ao final, foi realizado o plantio de mudas frutíferas no pátio da escola com a implantação de um sistema alternativo de irrigação utilizando garrafa pet. Além do quesito ambiental as mudas plantadas irão enriquecer o cardápio da escola em um futuro próximo. Na Escola Jeovando Lopes, cerca de 180 alunos participaram das atividades que incluíram palestra sobre a importância de boas práticas para meio ambiente e coleta seletiva na escola e nas praças da cidade de Umburanas.

 

Na comunidade de Rodoleiro, foi realizada a primeira etapa da recuperação nascente da comunidade, um lugar que tem a identidade local e é chamada de “Fonte de Rodoleiro” pelos moradores. Nesta primeira ação, foram semeadas espécies de plantas fixadoras de nitrogênio, mas o projeto terá continuidade com plantio de arvores nativas, recolhimento de resíduos, cercamento, implantação de placas de identificação e orientação, até que a nascente esteja recuperada e protegida.

Outras ações se estendem nos complexos, onde os profissionais de meio ambiente continuam levando por meio de palestras semanais, o conhecimento dos trabalhos desenvolvidos.

“Essas ações são fundamentais para demonstrar todo o trabalho que a empresa faz para garantir o menor impacto para a construção do empreendimento, além disso trazem aproximação de todos e levam a reflexão dos trabalhadores e comunidades sobre a necessidade do despertar a consciência das ações que desenvolvemos” destacou o gerente da obra, Murilo Boselli.

Sobre a ENGIE

 A ENGIE está comprometida com um crescimento sustentável a fim de enfrentar os grandes desafios da transição energética na direção de um mundo mais descarbonizado, descentralizado e digitalizado. O Grupo tem por objetivo tornar-se o líder desse novo mundo da energia ao focar em três atividades-chave para o futuro: baixa produção de carbono, especialmente a partir do gás natural e energias renováveis, infraestruturas energéticas e soluções eficientes adaptadas para as necessidades de todos os seus clientes (pessoas, empresas e regiões). A satisfação dos clientes, a inovação e as soluções digitais são os princípios orientadores do desenvolvimento da ENGIE.

Presente em cerca de 70 países, a ENGIE conta com 150.000 colaboradores em todo o mundo e obteve receitas de € 66,6 bilhões em 2016. Cotado nas bolsas de Paris e Bruxelas (ENGI), o Grupo está representado nos principais índices financeiros (CAC 40, BEL 20, DJ Euro Stoxx 50, Euronext 100, FTSE Eurotop 100, MSCI Europe) e não financeiros (DJSI World, DJSI Europe e EuronextVigeoEiris – World120, Eurozone 120, Europe 120, France 20, CAC 40 Governance).

 No Brasil, a ENGIE é a maior produtora privada de energia elétrica no País, operando uma capacidade instalada de 10.898,8 MW em 31 usinas em todo o Brasil, o que representa cerca de 6% da capacidade do País. O Grupo possui 90%de sua capacidade instalada no Brasil proveniente de fontes limpas, renováveis e com baixas emissões de gases de efeito estufa, posição que tem sido reforçada pela construção de novas eólicas no Nordeste e por uma das maiores hidrelétricas do País, Jirau (3.750 MW), localizada no rio Madeira, da qual a ENGIE detém participação de 40%.

O Grupo também atua na área geração solar distribuída e oferece serviços relacionados à energia, engenharia e integração de sistemas, atuando no desenvolvimento de sistemas de telecomunicação e segurança, iluminação pública e mobilidade urbana para cidades inteligentes, infraestruturas e a indústria de óleo e gás. Contando com 2.100 colaboradores, a ENGIE teve no Brasil em 2017 um faturamento de R$ 7 bilhões.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa – Complexo Eólico Campo Largo/ Complexo Eólico Umburanas – ENGIE Brasil, por Luciana Bispo

- Anúncio -
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Anúncio -