Após a Coelba ter suspendido contas de energia elétrica para as pessoas de baixa renda, a Embasa deve tomar a mesma atitude a partir dos próximos dias. A medida, que está em fase de estudo, acontece em meio à pandemia do novo coronavírus.

A medida será válida para famílias de baixa renda que estão inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Na última terça-feira (24), A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu por suspender as contas por 90 dias com o objetivo de combater os impactos da doença na economia.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário