Até o momento quatro pré-candidaturas estão postas em Jacobina para as eleições de outubro. Luciano da Locar, do Democratas, é naturalmente pré-candidato a reeleição representando a direita. No campo das esquerdas se apresentam Amauri Teixeira (PT), Kátia da Saúde (Podemos) e Tiago Dias (PCdoB). O ex-prefeito Rui Macedo (MDB) ainda não se pronunciou, assim como o também ex-prefeito Leopoldo Passos (PSD) não declarou ainda se é pré-candidato ou se lança sua esposa Valdice Castro (sem partido), que também já governou o município.

O quadro atual beneficia Luciano, que, além de ter a “máquina administrativa”, enfrenta uma esquerda dividida.

Nos últimos cinco dias Tiago, Kátia e Amauri deram entrevistas nas rádios da cidade e declararam mais uma vez que são pré-candidatos a prefeito. O prazo para filiação daqueles que querem colocar seu nome à disposição do eleitor se encerra no dia 03 de abril. Portanto, a união dos três opositores deveria ocorrer antes deste prazo, para que o candidato escolhido pudesse demonstrar para a sociedade e também para pré-candidatos a vereador que seu nome uniu todo o grupo e que vem com reais chances de ganhar a eleição, e com isso conquistar nomes importantes da política local e que estão insatisfeitos com o atual prefeito.

Se a união ocorrer nas convenções que acontecerão em julho, ficará mais difícil para o candidato obter bons apoios, pois todos os pré-candidatos a vereador já estarão filiados em seus respectivos partidos e terão que continuar sua jornada mesmo com as naturais insatisfações.

Para Tiago, Kátia ou Amauri é muito mais fácil conquistar lideranças de forma individual e trazê-las para um partido da base, do que conquistar o partido todo, até porque certamente os presidentes dos partidos que darão sustentação a reeleição de Luciano serão pessoas de sua inteira confiança. Além disso, estes partidos em nível estadual são ligados a ACM Neto, do DEM, e é claro que o partido que na Bahia é liderado de Neto não vai em Jacobina caminhar na oposição a Luciano, que é o candidato do Democratas.

Portanto, os três postulantes da oposição precisam de um entendimento o mais rápido possível. Como se diz em algumas votações no Legislativo – “em caráter de urgência urgentíssima”.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

Deixe Um Comentário