Devido ao momento delicado pelo qual o mundo está passando, é preciso que todos se unam e busquem ajudar o próximo. Muitos precisam de auxílio e pequenos gestos e ações podem melhorar a vida de uma pessoa. Seguindo essa premissa, a equipe de voluntariado da Jacobina Mineração e Comércio (JMC) conseguiu arrecadar diversas cestas básicas e como forma de incentivo ao voluntariado, a JMC doou o dobro do número de cestas arrecadadas. Com isso, conseguirão beneficiar cerca de 700 famílias no município de Jacobina.
“A JMC percebe que é um momento muito complicado para todos, mas que alguns precisam de mais amparo e necessitam da ajuda do próximo. Pensando nisso, incentivamos a prática de doações dentro da empresa, para que dessa forma possamos prestar apoio aos mais necessitados que vivem na comunidade. Nossa ideia é seguir ajudando de todas as maneiras que estão ao nosso alcance”, declara Edvaldo Amaral, gerente-geral da JMC.
As cestas básicas chegam em um momento em que a população de Jacobina está sofrendo o impacto econômico devido às medidas de isolamento social decretadas pelos órgãos competentes. Diversas pessoas estão sem trabalhar e, pelo fato de muitos possuírem trabalhos informais, estão sem trabalho e sem dinheiro.
Marília Silva da Gama, que mora na Lagoa Dourada, em Jacobina-BA, ressalta a importância do recebimento da cesta básica e da ação da JMC na comunidade. “É muito importante receber esses alimentos que vão alimentar minha família e evitar que a gente passe fome. Estamos afastados do trabalho, sou diarista e meu marido é trabalhador informal, portanto toda a renda da família foi cortada, estamos os dois em casa, sem ter trabalho e sem ter dinheiro. Com isso as coisas já estavam faltando”, comenta.
Para Cristiane Sampaio, colaboradora voluntária do projeto, ser voluntário é algo prazeroso, que ela faz com amor. “Acredito que nesse atual cenário ações como essas são essenciais pois, são para pessoas que não têm renda fixa, estão com dificuldade financeira e sem ter como suprir as necessidades básicas da família, como alimentação, por exemplo”, destaca.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário