Reeleito reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) com 60% dos votos, o professor Evandro Nascimento está com a permanência no cargo ameaçada. Nota divulgada pelo A Tarde nesta quinta-feira (16) informa que ao receber os documentos para homologar o nome do reitor, o governador Rui Costa devolveu a papelada com o lembrete: “Cumpra-se a lei”. E a lei prevê o envio de uma lista tríplice para que o gestor do estado escolha um dos concorrentes.

A mesma nota dá conta que a iniciativa do governador é reação a declarações do professor Evandro, que disse em entrevista à Folha de São Paulo que Rui Costa está fazendo com as universidades estaduais o mesmo que Bolsonaro com as federais: cortando verbas.

Ao tomar conhecimento dos fatos, professores da Uefs que estão em greve resolveram ocupar a reitoria, que está sem reitor, em protesto contra a decisão. O governador Rui Costa chega hoje do exterior e o mandato de Evandro expira amanhã.

O diretor da Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Feira de Santana (Adufs), André Uzêda, criticou a postura de Rui e o comparou com Xi Jinping, o ditador da China. “A ideia é permanecer (na reitoria) para mostrar ao governador que ele não pode tratar as universidades dessa forma. Parece o ditador da China, ele que comanda com mãos de ferro”, frisou. As informações são do Acorda Cidade

COMPARTILHE

Sobre o Autor

*Atuou como Repórter nos jornais O Paraguaçu (Itaberaba/BA), Primeira Página (Jacobina/BA) e Oeste Hoje (LEM/BA). Sites: Camaçari Fatos e Fotos e Nossa Metrópole (Camaçari/BA). Atualmente, edita o portal TRagora e é Repórter do jornal Tribuna Regional.

Deixe Um Comentário