O senador Flávio Bolsonaro continuará sendo investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, após decisão da Justiça. O parlamentar é suspeito de ter praticado crimes como peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa durante o seu mandato como deputado estadual.

Nesta segunda-feira (23), a desembargadora Suimei Cavalieri, da 3ª Câmara Criminal do Rio de Janeiro, determinou a continuidade das investigações. Foi ela mesma que, em 11 de março, suspendeu a investigação, pois queria que o caso fosse analisado por outros colegas. No entanto, como a pandemia de coronavírus paralisou as sessões de julgamento até 31 de março, a magistrada acabou mudando de ideia.

Na avaliação de Suimei, aguardar o colegiado poderia manter “indefinidamente a suspensão do procedimento investigatório, o que não corresponde ao alcance que se pretendia atribuir àquela decisão monocrática”.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário