O decreto municipal 127, baixado acertadamente em 20 de março pelo prefeito Luciano da Locar (DEM), vedou a abertura e funcionamento de academias de ginasticas, parques infantis, parques em praças públicas, bares, teatros e afins. O prefeito determinou também o não funcionamento de agências bancárias, repartições públicas, dentre outras.

As medidas tão necessárias, que visam combater a proliferação do Covid-19 (Coronavirus), praticamente paralisaram a cidade.

A reportagem do site TRagora esteve, na manhã desta segunda-feira (23), percorrendo o centro da cidade e alguns bairros, e constatou que nas principais avenidas da cidade o movimento lembra muito um feriado prolongado.

Infelizmente, algumas poucas empresas desrespeitaram a determinação do gestor municipal.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Coronavírus