Depois de anunciar o corte de gastos com universidades federais, o presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (7), um decreto que flexibiliza as regras para registro, posse, porte e comercialização de armas e munições para colecionadores, atiradores esportivos e caçadores.

O anúncio foi feito pelo porta-voz do governo, Otávio Rêgo Barros, que afirmou que a medida trata da “desburocratização do mercado de armas e munições”. Ressalta-se que, em janeiro, o presidente Jair Bolsonaro assinou um outro decreto que tratava da posse de armas, que é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho. Radar

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário